Neuropatias

A neuropatia periférica é uma condição comum que afeta os nervos periféricos, responsáveis por encaminhar informações do cérebro e da medula espinhal para o restante do corpo. A neuropatia periférica pode causar danos permanentes aos nervos, sendo muitas vezes um problema incapacitante e até mesmo fatal.

Causas

Nem sempre é fácil identificar a causa da neuropatia periférica, pois há inúmeros fatores que podem estar por trás deste problema. Confira:

Alcoolismo

Muitas pessoas desenvolvem neuropatia periférica pelo uso excessivo de álcool. Muitas vezes este problema está relacionado, também, à má alimentação e deficiência de nutrientes no corpo.

Doenças autoimunes

Estas doenças incluem:

- Síndrome de Sjogren
- Lúpus
- Artrite reumatoide
- Polineuropatia desmielinizante inflamatória crônica
- Vasculite necrotizante.
- Diabetes
- Quando o dano ocorre em vários nervos, é geralmente o diabetes que está por trás. Pelo menos metade das pessoas com essa condição desenvolve algum tipo de neuropatia, já que existem diversas formas de neuropatia causada por diabetes.

Exposição a venenos

A exposição a algumas substâncias tóxicas, tais como metais pesados ou produtos químicos, também pode levar a um caso de neuropatia periférica.

Medicações

Certos medicamentos, especialmente aqueles utilizados em quimioterapias, podem causar neuropatia periférica.

Infecções

Algumas infecções virais e bacterianas podem causar neuropatia periférica, incluindo a doença de Lyme, herpes-zóster, vírus de Epstein-Barr, vírus da hepatite C, hanseníase, difteria e HIV.

Doenças hereditárias

Distúrbios como a doença de Charcot-Marie-Tooth são tipos hereditários de neuropatia periférica.

Trauma ou pressão sobre o nervo

Traumas, como acidentes, quedas ou lesões esportivas podem romper ou danificar os nervos periféricos. Pressão sobre os nervos podem resultar da repetição excessiva de movimentos, como por exemplo, a digitação.

Tumores

O surgimento de tumores pode colocar pressão sobre os nervos próximos a ele. Tanto os tumores benignos quanto os malignos podem contribuir para a neuropatia periférica.

Deficiências da vitamina

Deficiências de Vitaminas B, incluindo B-1, B-6 e B-12, são particularmente importantes para a saúde do nervo. A vitamina E e niacina também são fundamentais neste sentido. Não ter quantidade suficiente dessas vitaminas no corpo pode levar a danos no sistema nervoso periférico.

Outras doenças

Doença renal, doença hepática, doenças do tecido conjuntivo, hipotireoidismo e amiloidose também podem causar neuropatia periférica.

Buscando ajuda médica

Procure assistência médica imediatamente se você notar qualquer formigamento incomum, fraqueza ou dor nas mãos ou nos pés. Diagnóstico e tratamento precoces podem ajudar a controlar sintomas e prevenir danos mais graves aos nervos periféricos.